História – Disney Springs

A Disney é tão mágica que não consegue apenas criar algo sem mais nem menos. Eles sempre criam uma história por trás do surgimento de alguma atração ou de algum show. E com a Disney Springs não poderia ser diferente, então vamos dar uma olhada na história da Disney Springs.

Disney Springs Logo

História Real

O complexo que atualmente é a Disney Springs foi inaugurado no dia 22 de abril de 1975 com o nome de Lake Buena Vista Shopping Village, apenas 4 anos após a abertura do Magic Kingdom.

Fonte: d23.com

Fonte: d23.com

Dois anos depois, em 1977, o nome foi mudado para Walt Disney World Village.

Já em 1984 a Disney começou a procurar manter os seus convidados por mais tempo dentro do complexo, e evitar que eles saíssem em busca de entretenimento além da área da Disney. Então, para competir com as boates em Downtown Orlando, a Disney anunciou um expansão. Uma nova área começaria a fazer parte do complexo. Essa área seria chamada Pleasure Island, que seria o local de boates de alta qualidade. A Pleasure Island foi inaugurada no dia 1º de maio de 1989, no mesmo dia que a abertura do parque Disney’s Hollywood Studios. Nesse mesmo ano o complexo mudou de nome para Disney Village Marketplace.

Em 1997, mais uma terceira área abriu no complexo, o West Side. E nesse mesmo ano o nome do complexo foi alterado mais uma vez para Downtown Disney. Na qual continuou sendo chamada pelo mesmo nome até 2015.

No ano de 2004, a imagem de Pleasure Island começou a ficar bem ruim. Então em 2008, a Disney resolveu fechar essa área.

Com a Pleasure Island fechada, a Disney começou com planos para revitalizar essa área e voltar a incluí-la no complexo. E já estavam até com um projeto pronto, quando eles resolveram parar tudo e mudar todos os planos.

A Disney sempre teve a fama de criar histórias fictícias para as suas atrações, parques e hotéis. Porém, ainda não havia uma história para o Downtown Disney (como era conhecida na época). Então ao invés de começar a revitalizar o local que era a Pleasure Island e fazer com que houvessem 3 áreas distintas e sem nenhum tipo de ligação e história, a Disney resolveu criar uma história para o local.

Foi a partir dai que surgiu o projeto de transformação de Downtown Disney em Disney Springs. E claro que com esse projeto, também veio uma história fictícia de como esse local surgiu e como que ele chegou ao que ele é atualmente.

Nesse novo projeto, a antiga Pleasure Island se transformou em The Landing. E surgiu também a nova área Town Center. Na qual veio para ajudar a contar essa história fictícia sobre o surgimento da Disney Springs. E, com isso, interligar todas as quatro áreas em uma única história.

Essa é a história real de como a Disney Springs surgiu e virou o que é hoje. Porém, existe uma história fictícia que a Disney criou.

História Fictícia

Agora que a verdadeira história do surgimento da Disney Springs já foi contada. Está na hora de saber qual é a “estória” criada pelos Imagineers da Disney.

A Florida é um dos locais de maior concentração de nascentes do mundo. Essas nascentes serviram como local para missões espanholas, desembarques de barcos a vapor, moinhos e muito mais, incluindo reservatórios para irrigação das lavouras. E algumas dessas nascentes deram origens à cidades. E foi isso que serviu de inspiração para o surgimento da Disney Springs.

A Disney Springs também seria uma dessas cidades que atrairam colonos a mais de um século atrás. E ao longo das décadas, a cidade continuou se expandindo naturalmente em 4 distritos: Town Center, The Landing, Marketplace e West Side.

Town Center seria o local onde tudo começou. Ela cresceu ao redor das nascentes. Possui a arquitetura de 1920 com o estilo espanhol, por causa dos colonizadores espanhóis que vieram para o local séculos atrás. É nessa área também que ficam as nascentes.

Se você reparar nas construções, poderá ver que são irregulares. Como se tivessem sido reformados e pintados por diferentes proprietários ao longo do tempo. Além disso, foi colocado lanternas flutuantes na água que iluminam à noite, tornando o local ainda mais incrível. Nas folhas das árvores foram colocadas luzes que piscam, para lembrarem os vagalumes. Toda a vegetação do local também foi pensada para combinar com a estória.

Com o desenvolvimento da cidade, foram construídas pontes, que passaram a ligar a Town Center (onde ficavam as nascentes) com a terra firme, local onde atualmente fica o The Landing.

O The Landing seria o local que ficava a marina e a estação de trem, e por isso seria o centro de transporte da comunidade. Essa área tem uma característica mais industrial. Existe inclusive uma placa no local que sinalizava para os passageiros sobre o antigo trem que passava pela cidade.

O restaurante Morimoto foi construído no local de uma antiga fábrica. O restaurante The Boathouse teria surgido ao lado das docas da cidade. E o restaurante STK fica na antiga estação de trem. E ainda é possível ver um resquício de trilho preso no atual chão da Disney Springs.

A área do Marketplace seria a área mais residencial da cidade. E o West Side seria o local de exposições. Onde a tenda de circo (na qual hoje funciona o Cirque du Soleil) e o balão de ar quente (Characters in Flight) permanecem até hoje.

Então essas são as duas histórias sobre a Disney Springs. E agora eu tenho certeza que quando você visitar, irá apreciar muito mais os pequenos detalhes 😉

Faça o download do Guia Completo da Disney Springs. O guia contém informações sobre todas as lojas, restaurantes e opções de entretenimento do complexo. Além disso, ele é gratuito!

> Guia Completo – Disney Springs

Have a magical day!

Com carinho,
Bruna

Atenção!

Esse blog se mantém através de comissões por vendas. E você pode me ajudar a manter esse blog sem pagar nada a mais por isso. Muito pelo contrário, às vezes você irá pagar até mais barato. Eu tenho parceria com algumas empresas que vão facilitar a sua viagem, torná-la mais prazerosa e mais barata e eu ainda ganho comissão por isso. Dê uma olhada nos produtos que temos parceria:

Ingressos para Disney, Universal, SeaWorld e mais
Seguro-viagem
Aluguel de casa
Hotéis pelo Booking, onde você pode fazer reservas com cancelamento grátis
Hotéis que você pode parcelar em até 10x sem juros
Aluguel de carro
Chip para celular, onde você ganha frete de graça usando o cupom de desconto “takemetotravel”

Se você quiser cotação para qualquer um dos produtos citados acima, é só clicar em cima do que você precisa. Lembrando que posso fazer uma cotação sem compromisso algum, deixando livre para que você possa fazer a escolha que mais te agrada 😉

Além disso, temos o serviço de roteiros personalizados e consultoria de viagem. Se você fechar um pacote de viagem inteiro comigo, você ganha o roteiro personalizado para Orlando de graça! Entre em contato caso queira saber mais: contato@takemetotravel.com.br.

Mini-Curso Grátis com o passo a passo para planejar uma viagem para Orlando

Comentários

  • Taiza Nascimento

    Muito legal, Bruna!!!! Gostei da informação.

    • Bruna Buhatem

      Que bom que gostasse!! 😀